PIRATARIA

Venda de produtos piratas cresce na internet e gera prejuízos ao país;

Setor de vestuário foi o que sofreu o maior prejuízo, seguido por bebidas alcoólicas e combustíveis.

A venda de produtos piratas no Brasil gerou um prejuízo de quase R$ 500 bilhões no ano passado. Além da venda ilegal no comércio, sem nenhuma fiscalização, a oferta de produtos falsificados na internet tem sido cada vez mais frequente. O setor de vestuário foi o que sofreu o maior prejuízo, seguido por bebidas alcoólicas e combustíveis. Boa parte dos produtos piratas é fabricada fora do Brasil, principalmente no Paraguai e na China. Segundo a receita federal, no ano passado R$ 33 milhões em mercadorias foram apreendidas nas regiões de fronteira.

Confira mais Notícias

OPORTUNIDADE

CDC, consórcio: veja qual tipo de financiamento de carro funciona para você;

VAI SAIR DE CIRCULAÇÃO

BC vai tirar 1ª família de notas do real e R$ 10 ‘de plástico’ de circulação;

SAIBA DO NOVO CASHBACK

Reforma tributária: saiba como vai funcionar o ‘cashback’ com devolução de impostos;

ONDE COMPRAR DÓLARES

Dólar: comercial e turismo, onde comprar e vender, como pesquisar preços;

AUMENTO COMBUSTÍVEIS

Petrobras aumenta gasolina em 7,1% e gás de cozinha sobe 9,8%.

DINHEIRO ESQUECIDO

Brasileiros esquecem quase R$ 2 bilhões em cotas de consórcios; veja como resgatar o dinheiro;

DESCONTOS EM REMÉDIOS

Mais de 380 medicamentos e vacinas terão isenção total de impostos.

NOVO PIX AGENDADO

‘Pix Garantido’: BC avança na modalidade que poderá ser alternativa ao cartão de crédito;